Segurança Pública- Sapucaia do Sul (3°lugar) -3° Prêmio

SAPUCAIA DO SUL- DE MÃOS DADAS PELA SEGURANÇA PÚBLICA

JUSTIFICATIVA: Se justifica por Sapucaia figurar entre as cidades mais violentas do Estado. A partir das Reuniões do GGI-M passou-se a realizar o Projeto de forma conjunta e integrada de todo os órgãos de segurança criando uma grande rede de comunicação com a sociedade através de WhatsApp, com troca de informações, investimentos e inteligência, mobilizando os bairros e dialogando com as comunidades a fim de aproximar os órgãos das pessoas e vice versa, para prevenir e combater a violência e a criminalidade.

OBJETIVOS: Mobilizar toda comunidade e todos os órgãos e segurança pública a atuar de forma conjunta e integrada com intuito de identificar, prevenir e reduzir os índices de criminalidade de acordo com a realidade de cada bairro, com uma comunicação instantânea entre população e órgãos de segurança. O enfoque foi na diminuição do furto/roubo de veículos, homicídios, aumentar abordagens, prisões, apreensão de armas e munições garantindo segurança e informando toda rede de comunicação as ações realizadas na cidade, proporcionando maior sensação de segurança.

DESENVOLVIMENTO: Identificar todas as ações, operações da Guarda Municipal, Brigada Militar e Polícia Civil que podem ser realizadas de forma conjunta e integrada e desenvolvimento de novas ações, incluindo a implantação de Balada Segura; Reuniões presenciais com todas associações de bairros, criando grupos de WhatsApp com integrantes dos bairros para troca de informações e disseminação da informação; Realização de seminários, operações e diagnósticos de indicadores de violência. A partir de então passou-se a criar Grupos de Comunicação, Operações Conjuntas e Integradas, Reuniões Comunitárias, seminários, palestras, Balada Segura, Audiências Públicas, apoio ao CONSEPRO, Fiscalizações Conjuntas, utilização de mão de obra prisional (ressocialização) em todas as regiões.

RESULTADOS: Maior redução dos índices de criminalidade nos últimos dez anos nos crimes elencados como prioritários. No primeiro trimestre de 2019 comparado ao mesmo período de 2018 obteve-se: Redução de 66,7% em Furtos de Veículos; Redução de 64% em Roubo de veículos; Redução de 33,3% nos Homicídios; Aumento de 42% no número de prisões; Aumento de 87% no número de Recaptura de Foragidos; em 2019 já foram realizadas 233 prisões; apreendidas 38 armas e 909 munições; 39 operações Balada Segura; Criado 24 grupos de WhatsApp após 48 reuniões com associações e entidades; Realizado 1° Seminário Regional de Direito e Segurança Pública.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!