Presidente da Famurs reafirma importância da união de prefeitos para avançar nas pautas municipalistas  

O presidente da Famurs e prefeito de Rio dos Índios, Salmo Dias de Oliveira, acompanha as atividades da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que teve a cerimônia de abertura realizada na manhã desta terça-feira (22/5), no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB). Mais de 200 prefeitos gaúchos participam do evento promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), que se estenderá até o próximo dia 24, com uma vasta programação para tratar das pautas municipalistas. “Estamos todos unidos na defesa do municipalismo. Precisamos avançar e, por meio do diálogo com os parlamentares e outras lideranças nacionais, obter o apoio necessário a cada município, que é onde a vida acontece”, reafirma.

Na solenidade de abertura, o presidente da República, Michel Temer, reforçou seu compromisso com os municípios brasileiros e assinou um decreto que altera a legislação sobre a readequação da rede física do Sistema Único de Saúde (SUS), oriunda de investimentos realizados pelos Entes federativos com recursos repassados pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS). A medida, conforme Temer, permitirá que as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) possam atender como Unidades Básicas de Saúde (UBS). A iniciativa é uma reivindicação antiga da Famurs que foi acolhida pelo governo Federal. O decreto ainda deverá ser publicado no Diário Oficial da União.

Também pela manhã, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, falou sobre os desafios e conquistas obtidas ao longo de 21 anos à frente da entidade. Esta edição da Marcha a Brasília marcará a saída do líder municipalista do comando da CNM e a posse do novo presidente, Glademir Aroldi, eleito em março deste ano. Ziulkoski agradeceu a parceria e a atuação dos gestores municipais na consolidação do movimento e em conquistas concretas, que somaram, ao todo, R$ 652 bilhões em recursos.

O primeiro ano do Movimento Mulheres Municipalistas (MMM) foi lembrado na tarde desta terça-feira, com destaque para o trabalho na defesa por uma participação mais ativa e presente das mulheres na política. No Rio Grande do Sul, o Movimento Gaúcho de Mulheres Municipalistas (MGMM) foi fundado pela Famurs para ampliar regionalmente os objetivos da iniciativa nacional. Idealizado pela primeira-dama da Famurs e do município de Rio dos Índios, Adriane Perin de Oliveira, o MGMM já esteve presente em 13 cidades durante encontros de interiorização da Famurs.

Ainda na programação, serão recebidos os pré-candidatos à Presidência da República, que debaterão as prioridades dos governos locais e as necessidades de mudanças estruturais da federação brasileira. Os painéis tiveram início nesta tarde e prosseguem na quarta-feira (23/5), a partir das 14h.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!