Maneco Hassen assume presidência da Famurs

O prefeito de Taquari, Maneco Hassen, foi empossado nesta quarta-feira (8/7) como presidente da Federação das Associações de Municípios do RS. Diferente das demais cerimônias, a solenidade foi realizada no município de Taquari e totalmente on-line, com transmissão ao vivo pelas redes sociais da Famurs. A medida teve o intuito de atender os protocolos de saúde e decretos do estado, devido a pandemia de Covid-19.

Recebendo o cargo do prefeito de Palmeira das Missões, Dudu Freire, Maneco irá comandar a entidade durante a gestão 2020/2021, encerrando o rodízio de legendas da última eleição, acordo firmado entre os partidos com mais prefeitos eleitos no estado.

Em seu primeiro discurso já empossado, Maneco destacou que o diálogo sera essencial em sua gestão à frente da entidade. “Uma gestão na Famurs tem que se resumir em uma palavra: diálogo. Quando não se tem certeza do caminho a trilhar, não se tem previsibilidade daquilo que vai acontecer, ninguém tem a receita sozinho. O diálogo é fundamental para que a gente possa superar desafios que nunca aconteceram. Nós pretendemos seguir o trabalho que o Dudu, nós pretendemos manter a postura, o diálogo, a responsabilidade e muita firmeza na defesa de todos os municípios do RS”, declarou. “Em um ano que começou com a estiagem, que nos encontramos com a pandemia e permanecemos nela sem saber quando vai acabar, ainda teremos eleições municipais pela frente, em um momento que não deveria ocorrer, por uma questão de impossibilidade técnica e de saúde, nós precisamos estar unidos, firmes e atuantes”, justificou Maneco.

“Esta crise também nos trouxe o retrato de quanto os municípios brasileiros sofrem pelas dificuldades que são impostas pelo governo federal e pelos governos estaduais, que têm cada vez menos responsabilidades e mais recursos e os municípios mais responsabilidades e menos recursos”, lamentou o presidente. “A crise expôs isso de maneira  transparente para todos, porque neste momento, quem está na linha de frente são os prefeitos e prefeitas, com as suas ações e diversidades, que estão todos, pelo menos aqui no RS, trabalhando 24h por dia para superar o maior desafio imposto a gestores públicos, especialmente municipais, nas últimas décadas”, afirmou.

De acordo com Maneco, o momento é de reafirmar as parcerias. “Nós ainda teremos dias muito difíceis pela frente, e vamos ter que superar de cabeça erguida, trabalhando como nunca e defendendo os municípios do RS”, declarou.

Manifestações

Autoridades e representantes de entidades e órgãos estaduais e federais realizaram suas manifestações virtualmente, através de vídeos. O presidente da Associação Gaúcha de Municípios (AGM) e prefeito de Santa Margarida do Sul, Luis Felipe Brenner, parabenizou o trabalho realizado ao longo da gestão de Dudu Freire e em sua fala evidenciou a unificação de mandatos, justificando que a impossibilidade de realizar pleito este ano, por causa da pandemia do novo coronavírus e também pela economia do país.

O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, também destacou a atuação da entidade durante o comando de Dudu. Aroldi declarou ao presidente Maneco que coloca a CNM e equipe técnica à disposição, para que o trabalho em defesa dos municípios continue.

Ressaltando o trabalho realizado pelo presidente Dudu Freire na preservação da vida dos cidadãos e de proteção da saúde, o presidente do  Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), Estilac Xavier, salientou a atuação da Famurs durante enfrentamento ao novo coronavírus, que resultou em uma parceria entre as entidades na elaboração de cartilhas de orientação aos prefeitos.

O defensor-público geral do estado, Antonio Flávio de Oliveira, agradeceu o diálogo franco, aberto e republicano mantido entre as entidades durante a última gestão. Ele declarou que a Defensoria está à disposição para poder aprofundar ainda mais a parceria já estabelecida.

Em sua manifestação, o procurador-geral do estado, Fabiano Dallazen, parabenizou a ação da Famurs no último ano, considerado por ele, talvez, o ano mais difícil do poder público estadual nos municípios, em razão da crise sanitária, econômica e fiscal, além da estiagem. Dallazen se comprometeu em colocar o Ministério Público lado a lado, manter o diálogo e buscar soluções e parcerias necessárias para o atendimento de todas as demandas essenciais à população gaúcha.

Presente também de forma virtual, o presidente do Tribunal de Justiça do RS (TJ/RS), Voltaire de Lima Moraes, destacou que o municipalismo é extremamente importante e que a Famurs tem uma missão extraordinária, a cargo do novo presidente. Moraes parabenizou a posse de Maneco e a gestão realizada por Dudu.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo, chamou atenção ao momento delicado que estamos vivendo, ocasionado pelo novo coronavírus. Polo destacou que os impactos estão sendo sentidos por todas as esferas de governo, mas principalmente os prefeitos, que são cobrados para manterem a qualidade do serviço público. “Neste cenário desafiador, o papel da Famurs se destaca ainda mais. A entidade é extremamente importante no fortalecimento e na defesa dos municípios gaúchos”, declarou. O deputado também colocou o parlamento à disposição dos prefeitos gaúchos.

Eduardo Leite, governador do estado, em sua manifestação saudou os presidentes e prefeitos que acompanhavam a transmissão e declarou ser municipalista, lembrando que já exerceu o cargo de prefeito e conhece os desafios de administrar um município. “Eu tenho procurado ao máximo dialogar com os prefeitos, desde o início da gestão e a Famurs tem sido parceira importante em várias ações do governo”, declarou. Leite lembrou que a principal parceria foi para resolver o passivo na área da saúde, deixado por governos anteriores e que somava mais de R$ 1 bilhão, entre dívidas com hospitais, municípios e fornecedores.

“Eu tenho a convicção que agora, na gestão do prefeito Maneco, nós vamos seguir atuando juntos em iniciativas que beneficiem as gaúchos e gaúchos. Vamos continuar sendo parceiros dos municípios, dialogando e ouvindo as reivindicações, porque agora, mais do que nunca, é importante nós fortalecemos a nossa relação para enfrentarmos essa situação”, afirmou o governador.

Eduardo Leite aproveitou sua fala para ressaltar que, mesmo com o momento delicado em que vivemos, o governo não abandonou importantes prioridades como a desburocratização, simplificação e redução tributária e a melhoria da logística nas rodovias, hidrovias e aeroportos do estado. “Com a parceria dos prefeitos e municípios e com a nova gestão da Famurs, nós queremos seguir trabalhando por um Rio Grande melhor para todos”, finalizou.

Homenagens

Com uma cerimônia de posse diferente das tradicionais, o então ex-presidente Dudu Freire e o presidente empossado Maneco Hassen receberam homenagens dos presidentes estaduais dos seus respectivos partidos.

O deputado federal Pompeo de Matos, do PDT, saudou Dudu Freire pelo excelente trabalha junto à Federação, honrando as tradições do partido e da família. “De maneira muito efetiva na gestão da Famurs, em um momento dos mais difíceis, em que o municipalismo foi questionado por uma tripla crise, o nosso presidente desempenhou com sabedoria e com qualidade, e com o seu time, mostraram aptidão, força, iniciativa, interação, ou seja, o Eduardo nos honra com muito orgulho, fez um trabalho muito sério”, elogiou. “Eu diria que, talvez nesses quarenta anos de Famurs, foi aquele que teve o maior desafio, a maior responsabilidade, mas que deu a melhor resposta”, finalizou Pompeo de Mattos.

O deputado federal Paulo Pimenta, do PT, declarou que a presença de Maneco à frente da entidade é motivo de orgulho. “Maneco, que tu possas exercer essa função com dignidade, dando para a Famurs a força necessária para os municípios nessa relação federativa com os estados e com a União, indispensável neste momento. Uma gestão inovadora, afirmativa, soberana e que realmente possa mostrar a importância e a força da Famurs e de todas as prefeituras do estado do RS”.

Também se manifestou, em homenagem ao presidente Maneco, o senador Paulo Paim. “Maneco, quero reafirmar: você pode contar, hoje e sempre, com este senador. E tenho orgulho de dizer: sou municipalista. Tenho a ousadia de dizer que você pode contar com a bancada gaúcha e todos os parlamentares”, afirmou.

Os ex-governadores Olívio Dutra e Tarso Genro também fizeram suas saudações e desejaram uma excelente gestão à Maneco Hassen.

Despedida Dudu Freire

Em seu último discurso como presidente da Famurs, Dudu Freire, agradeceu primeiramente aos 497 prefeitos e prefeitas do RS; saudou e agradeceu o trabalho realizado pelos prefeitos que compuseram com ele a gestão 2019/2020, que atuaram de maneira participativa com responsabilidade. O agradecimento se estendeu para diretoria, colaboradores da entidade e da prefeitura de Palmeira das Missões.

Dudu também fez um agradecimento a sua família, devido sua ausência em muitos momentos, mas o agradecimento especial foi destinado a primeira-dama Daniela Meller, que liderou junto com ele a campanha “Uma Voz Por Todas. Por mais mulheres na política”. “Sem dúvida alguma é papel da Famurs fazer com que as injustiças sejam corrigidas”, justificou Dudu lembrando que, no Brasil, as mulheres ocupam menos de 15% de mulheres ocupam os cargos legislativos e menos de 10% ocupam cargos executivos.

Dudu Freire também agradeceu as entidades e órgãos que foram parceiros da gestão e que muitas vezes conflitava com o interesse dos prefeitos, mas que através de muito diálogo foi possível chegar em um resultado satisfatório para todos os lados. Entre eles, Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado, Governo do Estado do RS e imprensa.

“A Famurs nunca apareceu tanto lutando pelos interesses dos municípios gaúchos, que nada mais é do que lutar pelo nosso povo. Este é objetivo da Famurs. Quando assumimos a presidência da Famurs, tínhamos o compromisso de fazer com que essa entidade fosse ouvida, respeitada e se transformasse realmente em um grande instrumento em prol do desenvolvimento dos municípios. Este foi o nosso objetivo, estamos deixando o cargo com o sentimento de que cumprimos aquilo que foi estabelecido, cumprimos com aquele que foi o nosso objetivo maior: valorizar cada vez mais os municípios do estado do RS”, declarou Dudu.

Em seu discurso, o presidente da gestão 2019/2020 relembrou as principais pautas trabalhadas ao longo do último ano, como a dação em pagamento de bens imóveis do estado para os municípios na área da saúde; a distribuição do bolo do recurso do pré-sal; a PEC da extinção dos municípios com menos de cinco mil habitantes e arrecadação própria inferior a 10% da receita total; o pacto federativo, na busca de melhor distribuição dos recursos para os municípios; e ações da entidade durante enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Perfil

Advogado e músico, Emanuel Hassen de Jesus, mais conhecido por Maneco, 40 anos, é prefeito reeleito de Taquari. De família com histórica participação política, Maneco concorreu a um cargo público pela primeira em 2004, quando se candidatou a vereador. Na eleição seguinte concorreu ao cargo de prefeito, sendo o segundo mais votado, mas foi em 2012 que se elegeu, sendo reeleito em 2016 com mais de 500 votos de diferença. Maneco é casado com Angélica Hassen e é pai de três meninos: Lucas, Emanuel e Davi.

Além das pautas históricas do municipalismo, como o pacto federativo para uma melhor distribuição dos recursos, Maneco quer priorizar algumas bandeiras durante a sua gestão. Maneco quer buscar soluções dos problemas municipais com o uso de tecnologia; manter o diálogo com os cidadãos gaúchos para buscar a melhor solução para temas diversos; qualificar o atendimento dos colaboradores; renovar a Escola de Gestão Pública da Famurs; e ampliar ações conjuntas com os demais poderes e entidades do RS.

 

Clique aqui e assista na íntegra a cerimônia de posse do Conselho de Administração – Gestão 2020/2021 pelo Youtube. 

 

Fotos: Thiago Lopes

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!