Famurs pelo Rio Grande reúne prefeitos do Alto Uruguai

O município de Severiano de Almeida sediou, na tarde desta quinta-feira (12/04), o terceiro encontro Famurs pelo Rio Grande, conduzido pelo presidente da entidade e prefeito de Rio dos Índios, Salmo Dias de Oliveira. O evento que tem o patrocínio do Banrisul, dentro do calendário de interiorização previsto para 2018, reuniu os prefeitos que integram a Associação dos Municípios do Alto Uruguai (Amau) e contou com a presença do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), Iradir Pietroski, e do deputado estadual Ronaldo Santini.

Na reunião, realizada na Câmara de Vereadores, o presidente Salmo Dias de Oliveira, apresentou as propostas defendidas pela Famurs e anunciou que estará em Brasília, na próxima semana, defendendo a pauta do municipalismo em virtude da proximidade da Marcha dos Prefeitos marcada para ocorrer entre os dias 21 e 24 de maio na capital federal. Ao reafirmar o compromisso da Famurs em defesa do municipalismo, o presidente Salmo apresentou às lideranças da Amau as conquistas já obtidas, como a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 212/2016, que prorroga o prazo do pagamento dos precatórios de 2020 para 2024, já aprovada no Congresso Nacional. “Também graças à mobilização nacional dos prefeitos ocorrida em 22 de novembro de 2017, foi derrubado o veto presidencial à proposta do Encontro de Contas, inserida à Medida Provisória 778/2017, que trata do parcelamento de dívidas previdenciárias de Estados e municípios com o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS)”, lembrou.

Movimento Gaúcho de Mulheres Municipalistas

Paralelamente à reunião dos prefeitos, às 15h, no Parque de Eventos de Severiano de Almeida, foi realizado encontro do Movimento Gaúcho de Mulheres Municipalistas (MGMM), com a presença de primeiras-damas, secretárias municipais, vereadoras, vice-prefeitas e lideranças femininas da região. Idealizado pela primeira-dama da Famurs e de Rio dos Índios, Adriane Perin de Oliveira, o MGMM tem como objetivo principal a elaboração de ações concretas a serem desenvolvidas em âmbito municipal, regional e estadual para promover a articulação de políticas para as mulheres e gestoras públicas. A criação do MGMM foi oficializada por meio de resolução assinada pelo presidente da Famurs, na Assembleia de Verão realizada em Torres, em fevereiro deste ano.

* Texto e fotos: Manuel Gaboardi

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!