Famurs pede apoio ao governador para obter recursos para os municípios sem acesso asfáltico

Trinta e dois prefeitos que não possuem acesso asfáltico em seus municípios foram até o governador Eduardo Leite na última segunda-feira (21/10). O objetivo do encontro ficou centralizado em um pedido para que o governador fizesse contato com o coordenador da bancada gaúcha, no intuito de sensibilizar os deputados federais na destinação dos recursos para os municípios sem pavimentação asfáltica. Cada deputado tem até R$ 5 milhões em emendas. Durante o encontro, Leite se comprometeu em ajudar a convencer os deputados.

Os gestores municipais foram liderados pelo presidente da Famurs, Dudu Freire; pelo presidente da Comissão dos Municípios sem Acesso Asfáltico e prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda; e pelo deputado estadual, Eduardo Loureiro, que preside a Frente Parlamentar em defesa dos municípios sem acesso asfáltico da Assembleia Legislativa.

Conforme levantamento do secretário estadual de Logística e Transportes, Juvir Costella, que participou de uma reunião na sede da Famurs na segunda-feira, antes da mobilização, o custo para concretizar 22 acessos com até 10 km é de R$ 212 milhões. Já para realizar obras dos demais acessos asfálticos no RS, que somariam 633 km, o custo é de R$ 750 milhões. Na ocasião, o secretário pediu aos prefeitos que ligassem, com clima de pressão, aos deputados federais mais votados em cada município para buscar verbas, tendo em vista que o prazo para indicação das emendas encerrava na terça-feira, dia 22. Após indicações dos deputados, ficou definido o recurso de R$ 18.557 milhões aos acessos asfálticos.

Atualmente, 55 municípios gaúchos não possuem acessos asfálticos. Ao todo são 57 trechos.  “Esta é uma prioridade da Famurs e vamos lutar em conjunto na conquista deste recurso”, afirmou o presidente da Famurs, Dudu Freire.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!