Famurs participa de seminário sobre destinação de resíduos sólidos no RS promovido pela Assembleia Legislativa

A Famurs participou do seminário Caminhos da Sustentabilidade – a destinação dos resíduos sólidos no RS, evento promovido, nesta quinta-feira (10/9), pela Assembleia Legislativa, por meio da Comissão de Saúde e Meio Ambiente e do gabinete do deputado Gabriel Souza, relator da Subcomissão para debater a Situação dos Aterros Sanitários no Rio Grande do Sul. O seminário foi realizado de forma híbrida e reuniu, no Teatro Dante Barone e virtualmente, autoridades na área ambiental, empreendedores e lideranças políticas para responder à pergunta: “para onde vai o lixo que produzimos?”.

O presidente da Famurs e prefeito de Taquari, Maneco Hassen, participou do evento através de um vídeo, oportunidade em afirmou que a temática do lixo e sua destinação é uma das maiores preocupações  dos gestores públicos, especialmente dos gestores municipais gaúchos. Ele também parabenizou a iniciativa do Legislativo em produzir um evento para debater sobre um assunto importante e de difícil resolução, mas que necessita de amplo diálogo.

Maneco também declarou que os prefeitos gaúchos têm hoje sérios problemas no sistema do lixo, desde a coleta, o transporte, até a sua destinação. “Todo o sistema tem problemas, começando pelo custo, que é elevadíssimo, junta-se a isso a preocupação ambiental. Não é sustentável economicamente para os municípios trabalhar a coleta seletiva, o que acaba fazendo com que os municípios não criem políticas que possam colaborar ambientalmente com o tema. Há, ainda, a falta de incentivo, estudos e sugestões para que os municípios possam ter melhores políticas ambientais de um tema tão complexo que é tudo aquilo que envolve a questão do lixo”, afirmou. Em sua opinião, é preciso ter ideias inovadoras, entender que o problema é coletivo e não individual de cada cidade.

As manifestações dos convidados foram intercaladas por apresentações de trechos do documentário “Cidades do Lixo”, produzido a partir dos registros das atividades realizadas pela Subcomissão. São depoimentos e imagens das visitas a aterros localizados no RS e outros estados, que mostram o descarte do lixo e as soluções ambientalmente sustentáveis, como, por exemplos, o reaproveitamento de isopor ou a transformação da cava de minas de carvão em um aterro considerado adequado.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!