Famurs e prefeitos do Vale do Taquari buscam por recursos em Brasília para moradores atingidos pelas enchentes

O Presidente da Famurs e prefeito de Taquari, Maneco Hassen, esteve ao lado dos prefeitos da região do Vale do Taquari em Brasília para uma audiência com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. No encontro virtual, realizado na última terça-feira (21/7), os chefes do Executivo do Vale trataram sobre o apoio às famílias de baixa renda desabrigadas e desalojadas pelas cheias que atingiram a região entre os dias 8 e 13 de julho.

A ida a Brasília também resultou em uma reunião com o secretário nacional da Agricultura Familiar, Fernando Schwanke. Na ocasião foi tratado sobre a recuperação de danos causados à Agricultura Familiar.

A agenda em Brasília contou com a presença do presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) e prefeito de Imigrante, Celso Kaplan. As audiências da comitiva foram agendadas pelo gabinete do senador Luis Carlos Heinze.

R$ 170 milhões em prejuízos
Conforme o prefeito Celso Kaplan, os prefeitos tiveram a segunda-feira livre para visitar gabinetes de deputados buscando a liberação de emendas.

A Amvat está concluindo um levantamento para dimensionar o tamanho dos estragos causados pela cheia do rio. “É difícil mensurar. Ainda há dados sendo compilados, outros municípios concluíram o balanço. A perspectiva é que tenhamos R$ 170 milhões em prejuízos, um valor altíssimo”, ressalta Kaplan. No laudo provisório última sexta (17/7), o montante era de R$ 50 milhões.

 

Confira um resumos dos encontros:

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!