Agricultores familiares terão aumento do subsídio no Programa Troca-Troca

O secretário da Agricultura, Covatti Filho, anunciou na última terça-feira (9/6) recursos de R$ 8,26 milhões para os agricultores familiares gaúchos que possuem divididas com o Programa Troca-Troca de Sementes da safra 2019-2020. A medida atendeu uma solicitação realizada pela Famurs e demais entidades do setor agrícola e deve beneficiar 52 mil agricultores.

Durante reunião emergencial, o secretário informou que para os agricultores do programa Safra 2019-2020 a isenção do pagamento passará de 28% para 60%. Desta forma, a saca de semente de milho que atualmente custa R$ 160, passará a ser R$ 64. Já os do programa Safrinha 2019-2020 serão anistiados, passando o subsídio de 28% para 100%.

Além disso, para que os produtores consigam pagar a dívida e não fiquem inadimplentes, o prazo de pagamento foi prorrogado do dia 10 de junho para 17 de junho.

 

Saiba mais

Em janeiro, representantes da Famurs, governo do estado, Farsul, Fetag e Fecoagro elaboraram uma proposta coletiva de reivindicação a serem enviadas aos governos estadual e federal para reduzir os impactos sociais e econômicos da estiagem no Rio Grande do Sul.

Na ocasião, foram definidas 10 demandas coletivas que representam todas as entidades signatárias do ofício. O documento foi entregue ao governador Eduardo Leite, que ficou responsável de encaminhar as reivindicações federais para a Presidência da República.

Veja as demandas do documento em: Famurs e entidades elaboram proposta coletiva de reivindicações aos governos estadual e federal para redução dos impactos da seca

 

 Foto: Emerson Foguinho/Seapdr

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!